Os implantes dentários passaram a ser oferecidos como solução para quem perde os seus dentes e não deseja ter uma prótese móvel, que diminui bastante da autonomia dessas pessoas nas atividades do dia, como mastigar alimentos mais duros ou mesmo sorrir.

Sabendo de como a vida das pessoas com perda de dente pode ser limitada, inclusive com o desenvolvimento de baixa autoestima, os implantes dentários se tornaram um procedimento mais acessível.

Porém, aqueles que nunca passaram por esse procedimento costumam acreditar em vários mitos que são distribuídos na Internet sobre esse tratamento. Com isso, a fim do maior esclarecimento dos pacientes, serão mostrados alguns mitos sobre o implante dentario.

1 – Não é obrigatório fazer cirurgia para realizar o implante

Em muitos casos, a prótese fixa é feita com uma pequena cirurgia, o que significa que a gengiva desse paciente tem de ser aberta, normalmente sendo feitos alguns buracos. No entanto, existe o mito de que não dá para fazer implantes sem uma cirurgia maior, mas dá.

Para isso, o dentista só faz uma incisão, que é pequena, mas que basta para que os dentes novos sejam colocados. Por isso, quem quer fazer um implante dentário, mas não quer grandes buracos em sua gengiva pode perguntar ao seu dentista sobre esse método.

2 – Jovens não podem usar a prótese dentária fixa

Muitos dos que ouvem falar de uma prótese dentária fixa acham que esse tratamento odontológico serve somente para os idosos. No entanto, indivíduos de qualquer idade e que tenham tido problemas severos podem tentar uma prótese fixa.

Essa recomendação é muito dada a pessoas que tiveram amolecimento e queda de dentes devido a várias doenças ou até que os perderam em algum acidente, no qual eles quebraram muito próximo à raiz.

3 – O titânio pode causar reação alérgica

Uma das coisas que desencorajam quem deseja fazer uma dentadura fixa é o medo de que haja reação alérgica ao titânio, que é o material com o qual os pinos dos implantes são feitos. São esses os pinos que ficam dentro da gengiva e aos quais os novos dentes são fixados.

Entretanto, essa substância quase nunca causa uma reação alérgica, a menos que o paciente dentário já a possua antes de se submeter ao implante. Se esse for o caso, essa pessoa tem que avisar ao dentista para que sejam consideradas outras hipóteses.

 4 – Carga imediata é simples de se conseguir

 A carga imediata é a situação onde todos os dentes são implantados de uma vez só. Demorando algumas horas e sendo ligeiramente agressivo, ele garante que o paciente deixe o consultório sem nenhum dente faltando.

Apesar de despertar o desejo de tanta gente, a carga imediata precisa ser muito bem avaliada pelo médico dentista. Inclusive, há casos em que o paciente não pode receber vários reforços de anestesia ou que ele tenha fobia de dentista.

Assim, a ideia de simplesmente chegar em um consultório odontológico e pedir a carga imediata, recebendo permissão do dentista, não é verdade.

Leia mais artigos no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top