Então quer dizer que você nunca ouviu falar de Acupuntura? Não, isso não é modalidade de artesanato.

Mas realmente é uma arte misturada com um tratamento milenar.

Este tratamento é um verdadeiro divisor de águas para muitos que não conhecem medicinas alternativas. Sendo assim gostaria de te apresentar hoje algumas dicas bastante interessantes para que você conheça um pouco mais deste método.

Quem sabe então você não alcança um jeito novo de tratar problemas velhos?

O que é Acupuntura?

Primeiramente você precisa saber que a Acupuntura é um tratamento que passa por aperfeiçoamento a 5 mil anos. Ele faz parte da MTC (Medicina Tradicional Chinesa).

O tratamento em si é bastante simples. Há uma inserção de agulhas bem fininhas no corpo do paciente. Isto permite a harmonização de energias no corpo do paciente.

Um ponto interessante é que este tipo de tratamento pode ser utilizado em qualquer tipo de doença. Mas se a pessoa não for tão confiante pode também usá-lo de forma paralela sem ter medo de qualquer interferência.

No máximo o que pode acontecer é a acupuntura melhorar a eficiência do tratamento primário.

O tratamento é eficaz, pois notamos que a maioria dos problemas vem para o corpo através de problemas emocionais que se somam ao corpo. A base do procedimento então é analisar e balancear o Yin e Yang da pessoa.

A duração do tratamento vai variar bastante de paciente para paciente. Às vezes um problema de décadas pode precisar de um tempo a mais para ser tratado.

Na média a acupuntura dura 12 ou mais sessões para a maioria dos problemas. Mas é um tratamento tão leve e tranquilo que as pessoas costumam não notar os resultados.

Para que serve?

Então, como eu disse lá atrás o tratamento acaba abarcando todos os tipos de doença por ser um tratamento holístico. Segundo a OMS há alguns casos bastante recomendados para se tratar com acupuntura.

Primeiramente os problemas envolvendo o sistema nervoso, como o caso do nervo ciático. Mas problemas como, por exemplo, estresse e Alzheimer também têm mostrado ótimos resultados.

Para as mulheres há um excelente benefício na área de TPM e ovário policístico. Entretanto há vários casos de aparente melhor quando o caso é algum distúrbio da menopausa.

Doenças que afetam mais os apressados como síndrome do pânico, ansiedade branda e aguda podem ser combatidos também. Até mesmo doenças neurológicas mais sérias.

O ideal é ser bastante detalhista na primeira consulta. É neste momento que o profissional irá detectar o problema e ditar uma possível saída. Mas tudo vai depender da sua honestidade.

Responda às perguntas de maneira precisa mesmo que elas pareçam bastante vagas. Assim é possível entender como está funcionando o fluxo de energia no corpo da pessoa.

Só desse jeito é possível encontrar os pontos que vão necessitar de pressão.

Qual o melhor jeito de fazer o tratamento?

O jeito tradicional de se fazer o tratamento é indo até uma clínica ou outro lugar preparado para fazer a aplicação. Lembrando sempre que você deve contar com profissionais capacitados. De outro modo você estará com certeza gastando dinheiro à toa.

Uma dica bem interessante que eu vou te dar é investir em acupuntura feita em domicílio. Calma, não é para você aí sair se espetando. Existe um grupo de profissionais chamado tratamento cura em casa.

O diferencial é que eles atendem todas as pessoas em seus domicílios. Isto facilita muito o trabalho e te deixa disponível para ficar mais à vontade em seu próprio território.

Acaba que o tratamento acontece de forma mais rápida e prática por um valor bem acessível. Veja o link ali em cima e dê uma conferida. Vai valer a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top